Como remarcar a passagem aérea? Veja o passo a passo

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 1 de agosto de 2017

Remarcar a passagem aérea pode ser uma tarefa simples se o passageiro tiver atenção, seguir todas as etapas corretamente e não perder os prazos. Se antes a remarcação era feita apenas pelo call center e nos balcões de atendimento, hoje isso pode ser feito por meio de tablets, smartphones e sites, o que facilita muito o processo.

Mas isso pode gerar dor de cabeça se o passageiro for desinformado e não estiver ciente de seus direitos. São muitos os fatos que acontecem com frequência e podem fazer com que o passageiro remarque uma passagem: uma data escolhida por impulso para aproveitar uma promoção, a alteração da data de um compromisso de trabalho, o atraso de um voo, a necessidade de antecipação ou adiamento, a perda ou o cancelamento de um voo.

Precisa de ajuda para remarcar a passagem aérea e não ter dor de cabeça? Veja um passo a passo simples e completo neste post!

Direitos dos passageiros

Como a maioria dos passageiros desconhece seus direitos, eles não sabem que há um artigo no Código de Defesa do Consumidor que dispõe sobre o arrependimento de compra. De acordo com o artigo 49 da Lei nº 8.078/90, o consumidor que fez uma compra fora de um estabelecimento tem até 7 dias corridos para se arrepender.

A empresa deverá ressarcir todo o seu investimento se você se arrependeu da compra de uma passagem. Portanto, se você comprou sua passagem e se arrependeu da compra até 7 dias depois de sua realização, você tem o direito de cancelá-la.

Você pode fazer o cancelamento por meio de uma das opções: site, aplicativo, telefone ou balcão de atendimento. Se a solicitação não for atendida ou a companhia se recusar a reembolsá-lo, reúna provas dessa ocorrência como, por exemplo, a página da solicitação de cancelamento e o protocolo do atendimento por telefone.

Política de reembolso

Procure uma empresa que analise sua situação e verifique se é passível de indenização. Se você desistir da viagem após o prazo de 7 dias de arrependimento da compra, saiba que cada companhia aérea tem sua política de reembolso e valor da tarifa que será cobrada (verifique-a no site da empresa).

Antes de comprar uma passagem aérea

Informe-se o máximo possível sobre a política de remarcação de passagem da companhia aérea em questão, principalmente nos casos de passagem aérea em promoção. Às vezes, comprar uma passagem de valor um pouco mais baixo não compensará no futuro. Ou seja, quando você tiver que antecipar, adiar, cancelar ou remarcar a passagem aérea e descobrir que isso não será possível.

Dicas para evitar antecipar, adiar, cancelar ou remarcar a passagem

  • Verifique se sua tarifa permite alteração (antecipação, adiamento, alteração de nome e de destino). Há alguns casos em que passagens aéreas na opção mais barata têm tarifas que não permitem reembolsos ou alterações. Nesse caso, você deverá solicitar o cancelamento da passagem, pagar uma multa e emitir uma nova passagem;

  • Não compre passagens com muita antecedência — a maioria das pessoas compra para aproveitar promoções — porque são maiores as chances de surgir um imprevisto e você ter que remarcar a passagem. Além disso, outros imprevistos podem acontecer como: a companhia aérea pode deixar de operar o voo no horário que você comprou e o alocará em outro horário, uma nova companhia pode passar a oferecer voos para o seu destino de viagem a preços mais baixos, você pode perceber que não possui todos os documentos necessários (como a autorização de viagem para menor), além de compromissos inadiáveis que podem surgir na data da sua viagem. Lembrando, mais uma vez, se a passagem não permitir alteração ou reembolso, você terá que cancelar a passagem e emitir uma nova.

Como remarcar a passagem aérea?

Para fazer uma remarcação de data ou hora da sua passagem aérea, há várias opções:

  • por meio do site;

  • do aplicativo;

  • do balcão de atendimento no aeroporto;

  • da central de atendimento da companhia aérea.

Segundo a Anac, o passageiro tem o direito de remarcar a passagem aérea, cancelar ou solicitar o seu reembolso no mesmo lugar. As taxas cobradas pela companhia não podem ser maiores que o valor da passagem, mesmo que ela tenha sido comprada em uma promoção. Esse reembolso ou estorno tem que acontecer em até 7 dias da solicitação de cancelamento.

No caso de reembolso, as tarifas de embarque devem ser obrigatoriamente devolvidas ao passageiro que não embarcou. Em se tratando de passagens canceladas e remarcadas, as tarifas poderão ser usadas no novo embarque.

Diferenças entre empresas

As regras para alterar, cancelar ou remarcar a passagem aérea não variam muito de uma empresa para outra. O procedimento também é simples e parecido entre as companhias aéreas, mas se aplica apenas às passagens compradas diretamente no site da companhia, não às compradas em sites de terceiros ou agências de viagem.

Passo a passo para remarcar pelo site

  • Acesse o site da companhia aérea;

  • Faça o login informando seu e-mail e senha;

  • Entre na área do cliente e clique em “meus voos”;

  • Localize o voo que você quer alterar (ida ou volta). Se for alterar os dois, faça uma alteração por vez;

  • Altere a data ou o horário do voo que você deseja remarcar. Não se esqueça de verificar se todas as novas informações estão corretas e confirme sua alteração;

  • A diferença entre o valor da passagem original e a nova será informada;

  • Pague o valor com cartão de crédito;

  • Você receberá em seu e-mail o novo código localizador de voo e todas as demais alterações.

Passo a passo para remarcar pelo aplicativo

Remarcar passagem pelo aplicativo é feito da mesma forma que pelo site. O aplicativo (disponível para todos os sistemas) apresenta os mesmos campos e solicita as mesmas informações do passageiro.

Passo a passo para remarcar pelo balcão de atendimento

No mínimo 6 horas antes do voo, a remarcação pode ser feita para viagens no mesmo dia. O passageiro deve apresentar um documento de identificação e o localizador de voo.

Passo a passo para remarcar pela central de atendimento

O passageiro deve informar ao atendente seus dados pessoais e o localizador de voo. É preciso lembrar que, dependendo do local onde o passageiro fará a remarcação, pode ou não ser cobrada uma taxa de conveniência por esse serviço.

Dúvidas mais frequentes

Posso solicitar alterações com um voo já realizado?

É necessário entrar em contato com a companhia antes que o voo seja realizado para obter essa informação. No caso da LATAM, a informação encontra-se no próprio site da empresa.

Se a alteração for necessária nas próximas 24 horas, o passageiro deve fazer a solicitação em uma das lojas LATAM nos aeroportos ou nas lojas LATAM Travel. No caso de alteração de viagem para data posterior, o passageiro pode solicitar a alteração nas lojas LATAM ou TAM, na central de vendas da companhia ou em Fidelidade e Serviços.

Como fazer se você não vai poder viajar o primeiro trecho, mas pretende realizar o voo de retorno?

Se você não pode voar o trecho de ida por completo, saiba que o trecho de volta e os possíveis trechos intermediários serão cancelados automaticamente e você não terá direito a indenização. Para evitar isso, reemita todo o bilhete ou cancele a ida antes do início da viagem. É importante estar atento aos direitos do passageiro

.

O no-show, termo em inglês usado pela aviação para definir o passageiro que não comparece para o embarque, isenta as companhias aéreas de pagarem indenização por cancelamentos de voos ou perda de passagens.

Posso alterar o nome na passagem?

É permitido alterar o nome na passagem em casos de correção ortográfica, casamento ou divórcio. Na GOL, por exemplo, a solicitação deve ser feita no call center com um atendente.

Se a alteração estiver relacionada a casamento ou separação, é necessário apresentar a certidão de casamento/separação. Em algumas companhias aéreas, isso não pode ser feito. É necessário cancelar a passagem e emitir uma nova.

É importante saber que os valores de multas e diferenças de preço de passagens são sempre cobrados em cartão de crédito. Isso independe da forma que você fez a compra (dinheiro, cartão de débito, transferência, boleto ou cartão de crédito).

Quer receber mais dicas sobre passagens aéreas e voos? Curta nossa página no Facebook!