Faça a sua primeira viagem de avião com tranquilidade! Veja as nossas dicas!

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 24 de junho de 2019

Chegou a hora de fazer a primeira viagem de avião e está batendo aquele desespero?

Se o problema for medo de voar, não se preocupe. O transporte aéreo é considerado o mais seguro do mundo.

Mas se a aflição é causada por questões a serem resolvidas e analisadas antes da viagem, saiba é mais tranquilo do que parece.

Pensando nisso, desenvolvemos esse artigo. Nele mostramos um roteiro com o passo a passo para lidar com a viagem de avião da forma mais tranquila possível.

1. Comprando as passagens

As passagens aéreas podem ser compradas diretamente pelos sites das companhias ou por agências online de viagens.

Neles, basta colocar a data prevista da partida, o local de onde sairá e o de destino que diversas opções de voos são apresentadas.

Todo esse processo facilita muito o momento da escolha do viajante, pois dá diversas opções e comodidade.

Com relação aos valores das passagens, eles variam de acordo com o horário do voo, a data de partida, o peso da bagagem e a quantidade de conexões que a viagem terá.

Durante o processo de compra, você deve informar alguns dados (nome, documento de identificação, telefone e e-mail) e realizar o pagamento via cartão ou boleto bancário.

Após a companhia confirmar o recebimento, será enviado um código de reserva. Na data da viagem de avião, leve-o e apresente-o no aeroporto para a passagem ser impressa.

Mas para quem não está habituado ou não se sente seguro com compras online, há a opção de comprar as passagens diretamente nas lojas das companhias aéreas ou em uma agência de viagem. Contudo há a cobrança de uma taxa de administração nessa forma de compra.

2. Documentos

Com as passagens da viagem de avião compradas, é importante não esquecer de providenciar os documentos exigidos para o embarque.

Para destinos nacionais, basta a Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Porém, se o voo tem roteiro internacional, é preciso se atentar se existe a necessidade de apresentar outros documentos, tais como:

  • passaporte;

  • visto de turista ou mesmo de trânsito (em caso de voos com escala);

  • certificado de vacinação do país de destino.

3. Malas e Bagagens

Quando for arrumar as malas, é importante se atentar a lei acerca de despacho de bagagem.

Nela, as companhias aéreas podem cobrar pelo envio dos pertences.

Porém, a bagagem de mão (de até 10 quilos) pode ser transportada gratuitamente durante a sua viagem de avião.

Apenas cuidado, pois a bagagem excedente poderá ser cobrada. O valor depende de cada companhia aérea e da distância percorrida pelo voo.

Portanto, é importante se atentar e contratar o serviço de despacho de bagagem no ato da compra da passagem.

Também é possível deixar para pagar o despacho da mala no aeroporto, porém, o valor pago será praticamente o dobro.

Então, para uma viagem de avião curta, é recomendado levar só a mala de mão ou uma mochila.

Uma dica: na hora de organizar a mala, veja o que pode e o que não pode levar nas bagagens, tanto para destinos nacionais como internacionais.

E por medida de segurança, procure sempre manter as malas com um cadeado para evitar furtos e/ou golpes.

4. Check-in

O check-in é obrigatório na viagem de avião e tem a tecnologia como aliada para facilitar a vida dos passageiros.

Algumas companhias aéreas disponibilizam, em aplicativos ou sites, a realização do check-in com até dois dias de antecedência.

Se não houver malas para despachar, após o check-in, basta ir diretamente ao embarque, poupando filas do despacho de bagagem.

Também é possível realizar esse processo diretamente no aeroporto, através das máquinas de autoatendimento.

Agora, se você possui malas para despachar, é obrigatório ir até o balcão de embarque da sua companhia.

Para tanto, basta apresentar seu documento e o e-ticket (bilhete da passagem aérea emitido na compra) e entregar suas malas ao atendente.

5. Chegar ao aeroporto

Se atrasar não é uma opção para a primeira viagem de avião, pois a ansiedade de saber como será é algo terrível.

Então, é importante ter um planejamento para chegar com antecedência e sem estresse ao aeroporto.

Para destinos nacionais, é recomendado estar no aeroporto com ao menos 90 minutos de antecedência da hora do voo.

Já para destinos internacionais, é recomendado entre 3h e 4h antes.

Por isso, não esqueça de calcular o tempo de deslocamento até o aeroporto e possíveis imprevistos no trânsito.

6. Como me vestir para a viagem de avião?

Para o dia da viagem, escolha vestimentas confortáveis. Lembre-se que serão horas sentado em um local estreito.

Mesmo se o destino for um lugar quente, leve um casaco para se proteger do ar-condicionado.

Algumas companhias disponibilizam cobertores e mini travesseiros para os passageiros, mas é bom se precaver.

7. Embarque

viagem de avião

Agora começa sua viagem de avião. Após realizar o check-in e despachar a mala, é a hora de ir para área de embarque.

Observe na sua passagem qual é o portão do seu voo. Se realizou o check-in muito cedo, é provável que o portão ainda não esteja definido.

Neste caso, aguarde na área reservada e acompanhe os painéis informativos no aeroporto para se manter atualizado.

Se despeça de seus amigos e familiares, pois eles não podem te acompanhar para as áreas de embarque.

Você passará por um detector de metais, enquanto sua bagagem de mão passará por uma esteira de raio-X.

Se houver qualquer material proibido, ele deverá ser retido ou despachado junto com a mala no porão do avião.

É normal que alguém peça para abrir a bagagem de mão. Não se desespere se isso vier a ocorrer com você.

Fique sempre atento aos painéis do aeroporto para verificar se o portão de embarque permanece o mesmo. É comum haver mudanças repentinas.

Quando o portão abrir, aguarde com seus documentos e passagens em mãos. Você precisará apresentá-los pelo menos duas vezes.

A entrada no avião é feita na sequência de fileiras e poltronas. Veja em seu ticket e se dirija ao seu lugar.

8. Durante sua viagem de avião

Retire da sua bagagem de mão todos os pertences que irá utilizar durante o voo e guarde ela no compartimento.

Após todos estarem presentes, os comissários de bordo darão as instruções de segurança.

Na decolagem e na aterrissagem, muitas pessoas sentem desconforto. Uma dica é levar chicletes. Se for o seu caso, masca-los vai ajudar a aliviar a tensão.

No caso de ter enjoos facilmente, não se esqueça do remédio habitual. Se for necessário, há saquinhos plásticos nos bolsões das cadeiras.

Se ocorrer uma turbulência no percurso, saiba que é normal. Basta permanecer sentado e esperar a zona de instabilidade passar.

E, como não está habituado, procure não tomar bebidas alcoólicas antes de um voo. A altitude eleva os efeitos do álcool.

9. Escalas e Conexões

Alguns voos podem fazer uma escala ou conexão. A escala é uma parada antes de seu destino final. Tais momentos servem para outros passageiros embarcarem e desembarcarem.

Já a conexão é quando a aeronave será trocada. Deste modo, você passará por todo o processo de embarque novamente.

Em casos que o tempo de conexão é curto, siga as instruções dos agentes aeroportuários sobre qual o novo portão e horário de embarque. Siga para lá imediatamente.

Já em outros casos é necessário esperar algumas horas. Nessas situações, você pode, inclusive, sair do aeroporto.

Mas cuidado, caso perca o segundo avião e a responsabilidade não for da companhia, terá que comprar uma nova passagem.

Outro ponto é a troca de companhia aérea durante a conexão. Se este for o caso, se atente à bagagem, pois a transferência não é automática. Em caso de dúvida, não hesite em perguntar aos funcionários.

10. Desembarque

Chegamos ao fim da viagem de avião. Depois de desembarcar, respeite as orientações dos colaboradores da companhia aérea. Siga as instruções para a esteira onde a bagagem despachada está.

Geralmente, você terá (desde o despacho no primeiro aeroporto) um adesivo na passagem com a identificação da sua mala. No entanto, durante o processo de esteira, qualquer pessoa pode pegá-la, pois não há fiscalização.

Se o voo for internacional, será necessário passar pelo processo de imigração no aeroporto.

Para tanto, é só apresentar todos os documentos exigidos para entrada no país e responder as perguntas do agente de imigração.

E agora que tudo está explicado, se planeje, faça sua viagem de avião tranquila e curta seu destino! Ajude também seus amigos a deixar o anseio de lado e compartilhe o artigo nas redes sociais!