Confira a check list completa para fazer uma viagem sem deixar nada para trás!

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 10 de maio de 2019

Passagens compradas, roteiro preparado, é hora de fazer as malas. O que pode parecer uma tarefa fácil, mas que pode causar problemas durante a viagem. Como? Já imaginou ter que passar a viagem procurando por uma farmácia ou uma loja de acessórios para comprar o que você esqueceu de colocar na mala? É aí que entra a check list viagem.

Se você é uma daquelas pessoas que acham difícil organizar a mala porque sempre acaba deixando algo para trás ou levando itens além do necessário, siga nossas dicas a seguir e aprenda a fazer a mala de forma simples. Organizar a bagagem para suas próximas viagens vai ficar bem mais prático com nossa check list viagem. Confira!

Check list viagem para você se organizar

Como se organizar antes de arrumar as malas

Antes de começar a organizar a mala e fazer a check list viagem, pense para onde vai, quando vai, como estará o clima local e qual o propósito da viagem (turismo, negócios, etc). Isto ajudará a entender o que é fundamental levar na mala.

Não adianta levar roupas frescas para um local onde estará frio. O site da BR Weather é de grande ajuda porque mostra como está o clima em qualquer lugar do mundo. Sabendo a temperatura média do destino, por exemplo, dá para ter uma noção de que roupas e calçados levar para os passeios.

Check list viagem: escolha roupas e acessórios que permitam fazer combinações

Pense no estilo de viagem, a duração e as condições climáticas do local na data da sua viagem. Reúna todas as roupas que você acha necessárias e devolva para o guarda-roupa metade delas. Elimine o ‘se’: se eu precisar disso ou se eu precisar daquilo. Esse pensamento só faz com que você leve mais itens que o necessário. Em uma viagem para a praia ou para visitar a família, por exemplo, não é preciso levar roupas sofisticadas.

Selecione roupas que tenham cores que possam ser combinadas e leve mais roupas de cima como blusas e camisetas do que roupas de baixo como calças e saias. Escolher também roupas que não amassam é o ideal. A calça jeans, por exemplo, não precisa ser passada a ferro e é uma peça ‘coringa’ que pode ser usada em ocasiões variadas.

Essas dicas também valem para os calçados e acessórios. Prefira os mais versáteis que podem ser combinados com qualquer tipo de roupa.

Segundo Kathleen Ameche, autora do livro ‘The Woman Road Warrior’, para uma viagem de cinco dias, é provável que uma mulher precise de cinco camisas, dois pares de calças jeans e uma saia.

Check list viagem: escolha a mala certa

Dependendo do destino da viagem e o número de dias que você ficará por lá, uma das melhores maneiras de evitar levar muitos itens para a viagem é comprar uma mala de até 55 centímetros de altura, que se encaixa nas exigências das bagagens de mão.

Para uma viagem curta, o ideal é levar apenas uma mala de mão com a dimensão mencionada anteriormente, para que ela possa ser acomodada na cabine do avião. Isso vai facilitar o manuseio e economizará tempo, pois não será necessário entrar na fila de despacho de bagagens e nem aguarda-la ao lado da esteira após o desembarque.

As dimensões máximas permitidas das bagagens de mão em voos domésticos são de 55 cm de altura x 35 cm de largura x 25 cm de comprimento na Azul, Avianca, GOL e LATAM, incluindo rodas, bolsos e alça. O peso máximo para transportar a bagagem de mão gratuitamente varia de acordo com cada companhia aérea e com a classe da viagem. Segundo as regras da Anac, a bagagem de mão pode ter até 10 quilos. Confirme o peso e as dimensões permitidas no site da companhia aérea que você vai voar.

Quem não é mochileiro e não sabe viajar apenas com uma mochila, o ideal é levar uma mala média para viagens mais longas e internacionais. A mala média é mais fácil de carregar e ficará dentro do peso máximo permitido da franquia de bagagem, 23 quilos.

Viagem a compras

A mala ideal para quem vai viajar com o objetivo de fazer compras é a expansiva, que aumenta de tamanho ao abrir o zíper. Mas isso não adianta se a mala estiver cheia, portanto procure levar o mínimo de itens possível. Outra dica é viajar de voltar para o Brasil usando algumas roupas e calçados comprados durante a viagem para abrir mais espaço na mala.

Check list viagem: documentos

  • carteira de Identidade;
  • carteira de habilitação: no exterior ela é válida em 100 países signatários do tratado de Viena;
  • passaporte (exceto para os países da América do Sul).
  • cartões bancários débito/crédito;
  • visto de entrada quando necessário: é bom grampeá-lo no passaporte;
  • passagens de avião/ônibus/trem: mantenha-as também salvas em seu celular para ser acessadas offline;
  • reservas de hotéis/hostel;
  • vacina febre amarela: o Certificado Internacional de Vacinação tem que ser apresentado obrigatoriamente para a entrada em vários países.

Dica: fotografe todos os documentos mencionados para tê-los no celular e na nuvem em caso de perda ou roubo.

Check list viagem: itens que não podem faltar na bagagem de mão

check list viagem

Já pensou ficar sem bateria no celular ou no tablet só porque você esqueceu de colocar o carregador na bagagem de mão? Ou passar frio por ter se esquecido de levar meias ou ficar sem escovar os dentes porque a nécessaire com a escova e a pasta de dentes está na mala despachada?

Para evitar esses aborrecimentos, vamos te ensinar a organizar a bagagem de mão para você não esquecer dos seguintes itens essenciais:

  • Nécessaire com itens básicos de saúde e higiene

Escova de cabelo, pasta e escova de dente, sabonete pequeno líquido ou em barra, papel higiênico, desodorante (aerosol não é permitido), remédios de rotina e absorvente (no caso das mulheres).

  • Bolsinha com carregadores, fone de ouvido e adaptador de tomada universal

Esses itens são necessários em caso de voos com conexões, por exemplo. Dependendo do tempo que você vai ficar em um aeroporto aguardando seu próximo voo, não dá para ficar sem o celular. O adaptador universal de tomada é essencial para que você possa carregar o celular ou outros eletrônicos em qualquer parte do mundo.

  • Kit beleza

Itens como creme hidratante, maquiagem básica (batom, rímel, blush), óleo de cabelo, removedor de maquiagem. Não se esqueça que na cabine só é permitido levar embalagens de até 100 ml de líquido, portanto, leve os produtos em embalagens mini.

  • Pasta pequena com documentos e caneta

Coloque em uma pasta pequena os documentos como passaporte, apólice de seguro viagem, comprovante de reserva de hotel e uma caneta para preencher os formulários de entrada no país de destino.

  • Garrafa de água vazia, lanche e chiclete

Você pode levar lanches em voos nacionais, já nos internacionais é preciso verificar as restrições. Uma dica para diminuir o peso da bagagem é esvaziar a garrafa de água antes de passar pelo raio-x e depois pedir para o comissário de bordo enchê-la novamente na hora do lanche. Levar chiclete é bom para quem sente certo desconforto no ouvido durante o voo, pois ele ajuda a despressurizar o ouvido.

  • Travesseiro para pescoço, máscara para dormir e manta ou casaco

Tem gente que gosta de usar um travesseirinho de pescoço para dormir com mais conforto. Bem prático, ele nem precisa ser guardado na bagagem de mão, basta pendurá-lo na alça da bolsa.

Leve também um casaquinho ou um cobertorzinho para se aquecer. Tem pessoas que não gostam de usar as mantas distribuídas durante o voo porque não são lavadas diariamente.

As pessoas que só conseguem dormir no escuro podem usar uma máscara para proteger os olhos.

  • Livros e revistas

Livros e revistas são bons para passar o tempo. Você pode levá-los de casa ou comprar na livraria do aeroporto.

  • Muda de roupas extra

Uma muda de roupas extra é necessária no caso de sua roupa se sujar acidentalmente ou sua mala ser extraviada.

  • Eletrônicos

Itens de valor como notebook, smartphone, iPad, câmera e Kindle não podem ser levados na bagagem despachada, por isso devem ser acomodados na bagagem de mão. Atualmente, o catálogo de filmes, séries e músicas disponíveis nos voos tem melhorado bastante, mas há quem prefira assistir seus próprios filmes e séries.

Check list viagem: o que não pode ser levado na bagagem de mão

  • líquidos inflamáveis como acetona e explosivos;

  • líquidos em embalagens acima de 100 ml;

  • objetos pontiagudos (tesoura, alicate, canivete, faca, estiletes);

  • fósforos e armas de fogo;
  • aerosol (desodorante, spray).

Excesso de bagagem

Se você não seguiu a check list viagem e vai viajar com excesso de bagagem, saiba que o valor da taxa por excesso de bagagem varia de acordo com a companhia aérea. Na LATAM, por exemplo, para voos com origem, conexão e/ou destino dentro do Brasil, de 24 a 32 quilos (voos nacionais – R$ 140,00; internacionais – US$ 100), de 33 a 45 quilos (voos nacionais – R$ 280,00; internacionais – US$ 200) e malas com mais de 1,58 metros (nacionais – R$ 100,00; internacionais – US$ 200).

A GOL cobra por quilo excedente. Já a Azul cobra a taxa fixa de R$ 160,00 por cada mala que exceder os 23 quilos.

Reserva de emergência no caso de extravio de bagagem

É bom ter uma reserva de emergência para o caso de extravio da bagagem ou demora na entrega da mesma. Uma muda de roupas extra, por exemplo, com blusa, roupas íntimas, meia (no caso de estar frio) pode ser muito útil enquanto o viajante aguarda a solução do problema.

Se esse imprevisto aconteceu com você, saiba todas as providências que devem ser tomadas ao ter a bagagem extraviada!