Como morar nos Estados Unidos: qual visto é necessário e onde morar

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - Publicado em 11 de agosto de 2020

Muitos brasileiros desejam saber como morar nos Estados Unidos, seja definitivamente ou temporariamente. Para conseguir alcançar esse objetivo, é necessário tomar algumas providências em relação à viagem e moradia, como documentos e vistos.

Neste conteúdo, apresentamos algumas dicas de como morar nos Estados Unidos legalmente para poder se mudar tranquilamente. Sabemos que muitos brasileiros vivem de forma ilegal no país, o que não é recomendado, e não daremos dicas sobre algo do gênero.

Como morar nos Estados Unidos: qual o custo?

Assim como em qualquer país, o custo de vida varia de acordo com o padrão de vida que cada um está acostumado a levar.

Ao pensar em como morar nos Estados Unidos, falar sobre o salário mínimo é a melhor maneira de analisar o custo de vida no país. Lá o salário é calculado por hora, em torno de 7,25 dólares/hora (cerca de R$ 38 na cotação atual). No Brasil, o valor por hora é R$ 4,75.

Outro item que deve ser levado em conta ao planejar como morar nos Estados Unidos é a cidade escolhida para morar. Veja alguns exemplos de cidades e estados que apresentam diferenças nos valores de salários mínimos/hora, como:

  • Houston: U$7,50 por hora;
  • Los Angeles: U$11 por hora;
  • Chicago: U$12 por hora;
  • Nova Iorque: U$13,50 por hora.

Mas é preciso considerar que uma cidade que oferece um salário mínimo por hora mais alto pode ter também um custo de vida mais alto. Enfim, o custo para morar em qualquer país tem muitas variáveis.

Ao pensar em como morar nos Estados Unidos, além de organizar os documentos e demais exigências, é preciso levar dinheiro para gastar até adquirir estabilidade financeira.

Como morar nos Estados Unidos: emissão de passaporte

Antes de tirar o visto para morar nos Estados Unidos, verifique a data de validade do seu passaporte atual. Se a data estiver próxima, é melhor solicitar sua renovação para não ter que viajar sempre levando os dois passaportes (o que contém o visto válido e o novo).

Isso acontece porque o consulado americano não transfere o visto de um passaporte para o outro, nem emite segunda via do documento.

Vale lembrar que os vistos em passaportes vencidos não perdem a validade.

Posso morar nos Estados Unidos com visto de turista?

Não, pois o visto de turista (B1/B2) permite que o brasileiro fique até 6 meses dentro do país. É expressamente proibido trabalhar, sendo permitido apenas estudar, desde que o curso tenha menos que 18 horas por semana.

Como morar nos Estados Unidos: vistos que permitem morar no país

Existem vários vistos que permitem morar nos Estados Unidos, mas aqui vamos citar as características dos mais comuns entre os brasileiros. Como morar nos Estados Unidos com os seguintes vistos:

  • Como morar nos Estados Unidos com os Vistos H1B, EB2 ou EB3 – Visto de trabalho

O primeiro passo para ter um visto americano de trabalho é através de uma empresa americana, que é quem fará o pedido.

Com o visto H1B, você deve ser empregado em um cargo que tenha como um dos requisitos ter um diploma de universidade ou equivalente.

Com ele, o profissional pode se aplicar para o green card após um tempo, porém é um processo à parte. Os cônjuges só podem trabalhar quando tiverem o green card. Filhos menores podem estudar em escola pública.

Com o visto EB-2/EB-3, o empregador é obrigado a provar que não encontrou outro profissional com os requisitos necessários nos Estados Unidos para exercer tal função e que esse indivíduo, você, por exemplo, está apto para a função. Não basta a empresa contratar a pessoa e pedir o visto.

Com esse tipo de visto pode-se pedir o green card, que também se estende ao cônjuge e filhos menores.

  • Como morar nos Estados Unidos com o Visto F1 – Visto de estudante

Visto destinado às pessoas que querem estudar nos EUA, podendo ser de graduação, pós-graduação ou idioma. Nesse caso, o cônjuge e os menores de 21 anos também recebem o visto de dependentes.

O estudante e o cônjuge somente podem trabalhar durante o período do visto se o trabalho for dentro da instituição de ensino em que ele estuda e tiver carga horária de até 20 horas por semana.

Para tirar esse tipo de visto, o solicitante e o cônjuge devem demonstrar que possuem condições financeiras para se manterem no país durante o período do estudo. Os filhos têm autorização para frequentar escola pública.

Com esse visto não é possível tirar o Social Security (documento semelhante ao CPF no Brasil). Por isso, não é possível financiar casa ou carro como um residente. No entanto, quem trabalha na instituição de ensino ou universidade onde estuda pode tirar o documento.

A duração do visto F-1 é a mesma do curso. Os cursos de idioma, por exemplo, tem duração de até 4 anos e não pode ser renovada. Além disso, o aluno deve ter uma frequência mínima nas aulas – os dados são enviados periodicamente para a imigração.

  • Como morar nos Estados Unidos com o Visto L1 – Transferência de executivos

Esse visto pode ser solicitado por um sócio ou executivo de uma empresa brasileira que será transferido para administrar uma filial nos Estados Unidos.

Com esse tipo de visto, o profissional pode ter o Social Security, e a autorização de trabalho se estende a seu cônjuge. Os filhos menores de idade recebem o visto e podem também frequentar a escola normalmente.

Para o visto L1 é recomendado um investimento US$ 150.000 (no mínimo) e empregar, pelo menos, quatro funcionários. Com esse visto, o tempo máximo de permanência nos Estados Unidos é de sete anos. Se a empresa estiver tendo bons resultados, o executivo pode requerer o green card.

  • Como morar nos Estados Unidos com o Visto E2 – Visto de Investidores Estrangeiros

Para obter esse visto é preciso ter uma cidadania de outro país. O Visto E2 é destinado a investidores de determinados países que possam investir em empresas americanas e gerenciá-las. O Brasil não está na lista dos países que têm acordo comercial com os EUA, porém os brasileiros com dupla cidadania (dos países que estão na lista) podem solicitar esse visto.

Esse visto só está disponível para cidadãos dos países que têm investimento ou tratado de comércio e navegação com os Estados Unidos. São países como Argentina, Itália, Bolívia, Espanha, Colômbia, Chile e Reino Unido. A lista completa dos países está no site da imigração americana.

Para esse visto, a pessoa deve investir um valor mínimo de cerca de US$ 100.000 em uma empresa nos Estados Unidos, criando ou comprando uma.

Esse visto não dá a possibilidade de obter o green card. No entanto, é válido por 5 anos e pode ser renovado.

Com esse visto é permitido tirar o Social Security. O cônjuge e os filhos menores de 21 anos recebem o visto também. Os filhos menores podem estudar em escola pública e o cônjuge tem autorização para trabalhar.

  • Como morar nos Estados Unidos com o Visto O ou EB1 – Habilidades Específicas

como morar no estados unidos

Esse visto só pode ser solicitado por pessoas que tenham alguma capacidade extraordinária em determinada área, como atletismo, ciência, artes ou outros segmentos. São pessoas que tenham a capacidade de fazer algo diferente ou acima da média de outras pessoas, que tenham prêmios, reconhecimento, entre outros.

Para solicitar o Visto O é preciso ter um empregador ou uma empresa americana como empregador ou ser contratado para algum trabalho. Nesse tipo de visto, o cônjuge não pode trabalhar. Os filhos podem estudar em escola pública.

Já com o visto EB-1 o profissional recebe autorização para trabalhar e pode se aplicar para o green card, inclusive para o cônjuge e os filhos menores de 21 anos.

  • Como morar nos Estados Unidos com o Visto EB5 – Visto de investidor

Para se aplicar ao Visto EB5 é preciso investir o mínimo de US$ 500.000 em uma empresa nos Estados Unidos, se a localização da empresa for em área de alto desemprego ou na zona rural; ou US$ 1.000.000, se a empresa estiver em uma área regular. Além disso, a empresa deve empregar, pelo menos, 10 americanos.

Outra opção é fazer um investimento de US$ 500.000 em um projeto pré-aprovado pelo governo.

Quem obtém esse visto pode solicitar o green card para ele, o cônjuge e os filhos menores, que sai, em média, depois de dois anos.

Antes de receber o green card, o profissional não pode permanecer no país com esse visto, tendo que esperar no Brasil. Uma alternativa é se aplicar para outro tipo de visto, como o de estudante, para aguardar nos Estados Unidos.

Como morar nos Estados Unidos: 5 melhores cidades

  1. Boston (Massachusetts)

Boston é a melhor cidade para se morar nos EUA. Por isso, é comum ver muitos brasileiros vivendo por lá. Apesar de ter um custo de vida um pouco acima da média das cidades americanas, a estrutura da cidade compensa.

Alguns dos pontos positivos da capital de Massachusetts são: o transporte público, que é relativamente bom, e abrange toda a cidade, tornando fácil o acesso a mercados, lojas, escolas e hospitais.

Em relação ao ensino, todas as instituições são excelentes, tanto as públicas quanto as privadas.

  1. Austin (Texas)

Outra excelente opção é a cidade de Austin. De acordo com a revista Forbes, a cidade tem as melhores oportunidades de trabalho devido às empresas de alta tecnologia que se instalaram no local.

Austin tem uma excelente qualidade de vida, ótimas instituições de ensino (conta com oito universidades) e custo de vida médio.

  1. Atlanta (Georgia)

Com 450 mil habitantes, Atlanta é uma boa opção para brasileiros que têm família grande. Oferece muitas oportunidades de emprego, tem ótima segurança e é destino de muitos americanos.

  1. San Diego (Califórnia)

San Diego é uma cidade com clima muito parecido ao do Brasil. Para quem se acostumou a morar em cidades litorâneas, vai encontrar belas praias na cidade e temperaturas amenas, ideais para quem gosta de praticar esportes ao ar livre.

Não é apenas em San Diego, mas em toda a Califórnia há muitas oportunidades de emprego, principalmente para quem atua nos setores de farmácia, eletrônicos e produtos metálicos.

  1. Boise (Idaho)

A cidade fica a oeste de Washington e tem um custo de vida barato, em comparação com a média americana, e oferece várias oportunidades no ramo da tecnologia.

Boise tem um clima agradável, com sol na maior parte do ano, e é ideal para quem gosta de viver cercado pela natureza.

Como morar nos Estados Unidos e obter o Green Card?

O Green Card, cujo nome oficial é US Permanent Resident Card (Cartão de Residência Permanente nos EUA, em português), é o documento de permanência definitiva nos Estados Unidos. Com ele, o cidadão tem direito de viver e trabalhar legalmente no território norte-americano.

Além disso, o cartão dá acesso a assistência médica, educação e outros benefícios oferecidos pelo governo norte-americano.

Algumas restrições do documento são: não dá direito a voto nas eleições e nem de exercer cargo público. Se o cidadão for se ausentar do país pelo período de mais de um ano, ele deve notificar a imigração dos EUA. Nesse caso, há risco de perder o documento.

Assim como o visto americano, o green card deve ser renovado, em média a cada 10 anos.

O documento tem algumas regras restritivas, por exemplo, se o cidadão desejar ficar fora dos Estados Unidos por mais de um ano, a imigração do país deve ser notificada.

Como morar nos Estados Unidos e conseguir o Green Card

É preciso atender a certos requisitos exigidos pelo governo americano para poder solicitar o visto de residência permanente no país.

Veja como morar nos Estados Unidos e ser elegível para obter o documento:

  1. Ter um familiar (de preferência de primeiro grau) que seja cidadão americano e possa patrocinar o seu documento.
  2. Ser casado com um cidadão americano.
  3. Ter algum tipo de visto para os EUA – como os que listamos acima – que permita a solicitação do green card.
  4. Ganhar o documento através de uma loteria que acontece anualmente nos Estados Unidos. Infelizmente, o Brasil não está entre os países que podem participar do sorteio.

Tirou suas dúvidas sobre como morar nos Estados Unidos? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão nossos conteúdos que poderão te ajudar a se organizar para a sua próxima viagem!