7 dicas importantes para fazer a Rota Romântica na Alemanha

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 17 de maio de 2019

Se você está planejando fazer uma viagem a dois Rota Romântica na Alemanha, saiba que esse é um dos principais destinos turísticos da Alemanha, localizado nas províncias do Sul da Baviera e Baden-Württemberg. A rota passa por cidades medievais incluindo Rothenburg ob der Tauber, Dinkelsbühl, Nördlingen e Füssen.

Neste post vamos dar detalhes sobre a rota, falar sobre os pontos turísticos que devem ser visitados, dicas de hospedagem e muito mais.

Rota Romântica na Alemanha

No pós-guerra, a Alemanha precisava reconstruir a indústria do turismo e então surgiu a ideia da criação de uma rota. Assim, EM 1950, a Rota Romântica na Alemanha foi criada. Seus primeiros visitantes foram familiares e amigos de soldados americanos baseados na Bavaria e em Baden-Württemberg. Logo depois veio a ideia da trilha que ligava Würzburg a Füssen.

O ponto de partida é a cidade universitária de Würzburg, localizada entre Frankfurt e Nuremberg. O local fica entre vinhedos e é banhado pelo belo rio Main. O destino final é Füssen, na fronteira com a Áustria. A rota consiste em um percurso de 460 quilômetros que passa por várias cidadezinhas típicas alemãs, palácios, montanhas, igrejas, vilarejos do século XVI, monastérios e lagos.

O número de cidades que fazem parte da Rota Romântica na Alemanha é extenso: Halblech, Würzburg, Holzkirchen (Unterfranken), Donauwörth, Nördlingen, Lauda-Königshofen, Urphar, Wertheim, Harburg, Augsburg, Landsberg am Lech, Bad Mergentheim, Tauberbischofsheim, Röttingen, Weikersheim, Peiting, Schillingsfürst, Creglingen, Hohenfurch, Schongau, Wildsteig, Rothenburg ob der Tauber, Dinkelsbühl, Feuchtwangen, Wallerstein, Friedberg, Kaufering, Rottenbuch, Steingaden and Wieskirche, Schwangau, Füssen e Neuschwanstein and Hohenschwangau.

Outro dado interessante é a origem do nome da rota. A Rota Romântica na Alemanha recebeu esse nome porque alguns poetas românticos dos séculos XVIII e XIX da Alemanha encontraram suas inspirações nessa rota. O Castelo de Neuschwanstein, nos arredores de Füssen, por exemplo, serviu de inspiração para o Castelo da Cinderela.

7 dicas para quem vai visitar a Rota Romântica na Alemanha

1. Número de dias

Se você fizer uma viagem sem paradas, conseguirá percorrer a rota em quatro horas de carro, mas como o legal da rota é ir parando em suas principais atrações, três a cinco dias é o tempo ideal para visitar vários locais.

2. Quando ir

A melhor época do ano para percorrer a rota é entre maio e outubro, no verão, quando a temperatura é agradável. Assim, você não precisa levar uma mala tão grande de roupas de frio. No entanto, é bom evitar os meses de julho e agosto porque os locais ficam cheios e são os meses mais caros.

3. Melhor rota

Para quem está em Munique ou Frankfurt é melhor começar a rota por Füssen. No entanto, a maioria das pessoas começa a rota por Würzburg e desce até Füssen, pois dessa maneira dá para ter uma bela vista das montanhas e dos Alpes no fundo da estrada, conforme vai se aproximando de Füssen.

4. Em quais cidades pernoitar

O ideal é pernoitar nas cidades maiores como Augsburg e Würzburg.

5. Melhor meio de transporte para fazer o trajeto

A melhor maneira de percorrer a rota é de carro. Dessa forma, os visitantes podem ir parando ao longo da rota nos lugares que mais lhe agradam.

6. Hospedagem

A Rota Romântica na Alemanha possui várias opções de hospedagem. Algumas melhores avaliadas, segundo o Booking, são: Schwangau (Das Rübezahl), Rothenburg ob der Tauber (Altes Brauhaus), Augsburg (Steigenberger Drei Mohren) e Würzburg (Mercure Am Mainufer).

7. Pontos turísticos imperdíveis da Rota Romântica na Alemanha

Além de Würzburg e Füssen, as principais cidades são: Rothenburg, Augsburg e Dinkelsbühl, Landsberg, Nördlingen e Schwangau. Essas cidades têm mais opções de alimentação e hospedagem, além de contarem com pontos de ônibus ou trem para quem escolher usar esses meios de transporte para conhecer a rota.

Em uma viagem para a Rota Romântica na Alemanha, os visitantes também vão encontrar gastronomia típica em cada parada. É uma oportunidade para conhecer e saborear o Rothenburger Schneeballen, uma espécie de doce frito com açúcar, canela e coberturas variadas.

Rothenburg ob der Tauber

É uma das paradas mais populares da rota. A cidade pequena é toda cercada por um muro. Ao longo dos anos, a cidade conseguiu manter seu aspecto medieval e é muito romântica, principalmente à noite.

Com seu charme, o local serviu de cenário para as cenas do primeiro filme de Harry Potter e serviu como base para a vila no filme Pinóquio.

Rothenburg é muito popular, mas a maioria de seus visitantes está viajando em excursões que chegam à cidade no meio da manhã e partem no fim da tarde.

Baldern Castle

Localizado na cidade de Bopfingen, o castelo foi construído no início dos anos 1700 no alto de uma colina com muito verde. Em seu acervo, o castelo apresenta mais de 800 itens de uma coleção particular de armas e armaduras antigas.

Se você deseja visitar o interior do castelo, ele fica aberto de metade de março a metade de outubro.

Landberg am Lech

É lá que se encontra a Torre Mutterturm, conhecida como a torre que inspirou a fachada da Torre da Rapunzel.

O centro histórico da cidade é muito bem conservado com mais de 500 edifícios históricos cercados por uma muralha de fortaleza que remonta ao século XV.

As principais atrações de Landsberg são: Hauptplatz, praça da cidade em forma triangular; Bayertor, era uma das principais entradas para a antiga cidade medieval; Historisches Rathaus, antiga prefeitura da cidade que fica na praça Hauptplatz; Schmalzturm, a mais antiga torre de vigia da época medieval; Marienbrunnen, fonte barroca construída de mármore e adornada com uma estátua de Maria.

Wieskirche

Igreja localizada em Wies também conhecida como a Igreja da Peregrinação do Salvador Flagelado. Em seu interior há uma imagem de madeira de Jesus que, segundo fiéis, tem poderes curativos milagrosos. Em 1983, a igreja foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A visita ao interior da igreja só pode ser feita nos horários em que não estão sendo realizadas missas.

Wurzburg Residence

O palácio fica localizado no destino final da rota e também foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco. Sua construção aconteceu entre os anos de 1720 e 1744 e foi finalizada em 1780.

O local, que foi residência dos príncipes-bispos de Würzburg, é um dos palácios mais importantes da Europa.

Dinkelsbühl

Com seu casario antigo, atmosfera medieval, povo acolhedor e pratos típicos, Dinkelsbühl é uma das poucas cidades da Alemanha que continuou quase intacta após duas guerras mundiais, mantendo todo o seu centro histórico preservado. É possível encontrar as 20 torres e os quatro portões, além do muro, intactos. Algumas histórias contam que, durante a Guerra dos Trinta Anos, a cidade ficou intacta porque a filha do sentinela de Dinkelsbühl apareceu diante dos suecos pedindo que a cidade não fosse depredada.

Essa história deu origem a uma festa que acontece todo mês de julho desde 1897. Na festa Die Kinderzeche, crianças e adultos participam da encenação do momento em que a filha do sentinela fez o pedido aos suecos.

Castelo de Neuschwanstein

Rota Romântica na Alemanha

O castelo parece ter saído de um conto de fadas e, de fato, inspirou um deles. É possível que você acredite já tê-lo visto em algum lugar e pode ser verdade, pois o Castelo da Cinderela foi inspirado nele.

Um bom ponto para observar o castelo e tirar boas fotos com a construção ao fundo, mais parecendo um cartão postal, é a ponte Marienbrücke, a dois quilômetros do castelo.

Construído no sopé dos Alpes Alemães na vila de Hohenschwangau, o palácio foi projetado pelo rei Ludwig II e começou a ser construído em 1869. Em frente a ele há outro castelo, o de Hohenschwangau, que começou a ser construído ainda na Idade Média. Embora pareçam próximos, os castelos estão localizados em montanhas diferentes.

Há três maneiras de chegar ao Castelo de Neuschwanstein: a pé (de 20 a 30 minutos de caminhada), de ônibus (o ponto fica localizado no início do trajeto e o ticket é vendido dentro do ônibus) e ou de carruagem (embarque em frente ao Hotel Muller).

Os ingressos para visitar o castelo podem ser adquiridos no Ticket Center, na vila de Hohenschwangau, abaixo do castelo.

Bad Mergentheim

Em uma viagem de maior duração, algumas pessoas optam por incluir no roteiro um Spa para restaurar as energias.

A cidade de Bad Mergentheim é conhecida por suas fontes e banhos minerais restauradores desde os anos 1900. É necessário pagar para beber a água mineral ou aproveitar os banheiros minerais no spa.

No entanto, o parque paisagístico de 42 acres é aberto a todos. Nele há um jardim japonês, um jardim inglês, uma área esportiva e uma piscina de fonte mineral ao ar livre (gratuita) para molhar os pés e melhorar a circulação.

Ficou interessado em conhecer a Rota Romântica na Alemanha? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão mais dicas de roteiros de viagens!