Motivos para ter um Seguro de Bagagem em sua viagem

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 6 de agosto de 2018

Quando viajamos, é muito importante que nossos pertences cheguem ao destino da viagem do jeito que os colocamos na mala. Para isso, podemos contar com o Seguro Viagem, um tipo de seguro que ainda gera muitas dúvidas em quem vai fazer uma viagem de avião.

É necessária sua contratação? O valor é alto? Quais os benefícios que ele me trará? Vale a pena? O que está incluído além do Seguro de Bagagem? Neste artigo, veja todas as conveniências que o passageiro pode encontrar ao contratar um Seguro Viagem (especificamente, falando a respeito das facilidades relacionadas à sua bagagem) em voos nacionais e internacionais!

O Seguro de Bagagem está incluído no Seguro Viagem?

Sim, o Seguro de Bagagem é um dos benefícios do Seguro Viagem.

seguro de bagagem (2)Primeiramente, vamos explicar para você o que é esse seguro e como ele funciona. O Seguro Viagem é uma garantia para o segurado de que ele será indenizado em caso de imprevistos que possam ocorrer durante a viagem desde o embarque até o retorno do viajante. Por exemplo, se você vai fazer uma viagem de 10 dias de Brasília para Londres, o seguro engloba seu embarque em Brasília, sua permanência em Londres até seu desembarque de volta no Brasil.

Os serviços de seguro e assistência à viagem  ficam disponíveis todos os dias da semana, 24 horas por dia e o atendimento é prestado em português. Os valores variam de acordo com o objetivo da viagem, destino, dias que o viajante ficará fora e seu perfil.

Conheça algumas das principais coberturas dos seguros de viagem:  extravio de bagagem; despesas médicas, hospitalares e  odontológicas; traslado médico; morte acidental; invalidez permanente ou parcial por acidente; extravio de bagagem; interrupção, cancelamento e extensão de viagem; garantia de viagem de volta; acompanhante, se necessária uma hospitalização prolongada; despesas com assistência jurídica; localização de bagagem; assistência funeral; etc.

Tratando especificamente do Seguro de Bagagem, o plano contratado vai garantir indenização para qualquer eventualidade que aconteça com sua bagagem, a partir da sua saída do Brasil até o seu retorno. Lembrando que apenas a bagagem despachada é indenizada (sob responsabilidade da transportadora), a cobertura não se estende à bagagem de mão.

Além disso, há algumas condições para receber a indenização como, por exemplo: a mala e volume devem ter desaparecido totalmente, observadas as exclusões do contrato;  e o extravio tem que ter acontecido no período entre o despacho da bagagem junto ao funcionário autorizado da companhia transportadora e o momento em que a bagagem foi devolvida ao passageiro.

Como comunicar o extravio da bagagem em viagem nacional e internacional

  • Nacional – Antes de sair do local de entrega de bagagem, comunique o extravio à companhia aérea e entregue o formulário RIB (Registro de Irregularidade de Bagagem) preenchido.
  • Internacional – Antes de sair do local de entrega de bagagem, comunique o extravio à companhia aérea e entregue o formulário original P.I.R. (Property Irregularity Report) preenchido.

Depois disso, o próximo passo é informar o ocorrido à seguradora logo após apresentar a reclamação à companhia transportadora. A companhia transportadora deve atestar o extravio definitivo da bagagem, mediante pagamento da indenização dentro das normas que regulam esse tipo de ocorrência.

Mas atenção, o seguro viagem não cobre furtos ou danos à bagagem. O Seguro de Extravio de Bagagem só será pago se a bagagem for declarada como perdida pela empresa aérea.

Por que ter um Seguro Bagagem?

  • Para viajar mais tranquilo e com mais segurança;
  • Receber indenização em caso de extravio da bagagem;
  • Evitar gastos não planejados;
  • Ter o serviço de localização de bagagem (viagem a negócios).

Como contratar um Seguro Viagem

Primeiro, o viajante deve pesquisar muito bem a seguradora que ele deseja contratar e verificar se ela possui recomendações positivas, se é reconhecida no mercado, etc. Depois de escolhida, o viajante deve acessar a página da seguradora e preencher dados como:

  • Tipo de plano: aéreo, terrestre ou marítimo.
  • Origem: estado onde ele vai embarcar.
  • Destino: país para onde o viajante está indo a passeio ou trabalho, etc.
  • Motivo da viagem: lazer/turismo, intercâmbio ou negócios.
  • Quantidade de passageiros: o número de pessoas que o seguro vai cobrir.
  • Datas: de ida (saída do Brasil) e volta (chegada ao Brasil).

Após informar todos desses dados e realizar o pagamento, o segurado recebe em seu e-mail o comprovante de pagamento e o certificado (apólice) desse seguro, que deve ser impresso para ser apresentado na imigração com os demais documentos.

Além disso, em caso de emergência, o viajante precisará do certificado para entrar em contato com a empresa do seguro. É importante ter o número do contrato e também todos os telefones de atendimento para casos de emergência. Lembre-se também de deixar esses contatos com as pessoas que estão viajando com você e com um responsável no Brasil. Se, por acaso, você não conseguir entrar em contato com a empresa, outra pessoa poderá fazer isso por você.

Países onde o Seguro de Viagem é obrigatório

Todos os turistas que vão viajar para e pela Europa devem ter, obrigatoriamente, o Seguro de Viagem com valor mínimo de € 30.000, para garantir assistência médica por acidente ou doença. Esse acordo foi estabelecido pelo Tratado de Schengen firmado entre países europeus, como Alemanha, Áustria, França, Portugal.

Mas mesmo que você vá viajar para um local onde o seguro não é obrigatório, contratar esse serviço certamente vai deixá-lo mais tranquilo. Já imaginou a quantidade de malas que são manuseadas em um aeroporto? Por esse e por outros motivos a contratação de um seguro é importante.

Existem ainda muitos casos de pessoas que viajaram sem um seguro viagem e tiveram despesas com atendimento médico no exterior.

Seguro em viagens nacionais

É comum que pessoas que vão fazer uma viagem nacional acreditem que não é necessário fazer um seguro viagem. Mas isso é tão importante quanto fazer um seguro para uma viagem internacional. Saiba que seu plano de saúde não é o suficiente para garantir sua segurança e de seus dependentes em uma viagem. Isso porque grande parte dos planos de saúde só oferece cobertura dentro do município ou do estado contratado. Portanto, se seu plano de saúde foi contratado no estado de São Paulo é provável que ele não cubra um acidente ocorrido na Bahia.

Seguro Viagem de cartões de crédito

Vários cartões de crédito, particularmente aqueles com status platinum ou superior, oferecem gratuitamente o seguro de viagem aos seus clientes.

Operadoras como a MasterCard oferecem esse seguro aos portadores do cartão Mastercard Black. Funciona da seguinte maneira: quando o portador paga uma passagem usando o cartão, a cobertura é fornecida automaticamente para ele, seus cônjuges ou companheiros e filhos dependentes, não importando se todos estão viajando juntos ou separados. A cobertura também pode ser adquirida com pontos de milhas por viagens associados ao  cartão. O Seguro de Bagagem tem: cobertura por atraso de bagagem no valor de até US$ 600.00, cobertura por perda de bagagem no valor de até US$ 3,000, localização global da bagagem e validade de até 60 dias consecutivos.

Para uma viagem sossegada e sem imprevistos, é necessário um planejamento com antecedência. Ações como reservar hospedagem, fazer um Seguro Viagem, contratar passeios turísticos, são detalhes que podem ser decididos para evitar que tudo seja decidido de última da hora e não saia como o esperado.

Ainda está com dúvidas sobre o assunto? Entre em contato conosco!

LEIA TAMBÉM