Como chegar ao Aeroporto de Congonhas: saiba as novas formas de acesso

Redação Nãovoei.com
Redação Nãovoei.com - 21 de outubro de 2019

O Aeroporto de Congonhas (CGH) é um aeroporto localizado em São Paulo, a oito km do centro da cidade. Com 802 metros, é o segundo mais movimentado do Brasil, atrás do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Apesar de ter começado a funcionar em 1934, de forma provisória, em razão de uma enchente que fechou o Aeroporto Campo de Marte por quatro meses, a inauguração oficial do aeroporto aconteceu no dia 12 de abril de 1936.

A seguir daremos mais informações sobre um dos principais e mais bem avaliados aeroportos do Brasil.

Como é o Aeroporto de Congonhas

O aeroporto tem um movimento de 4.340 voos, 63.745 passageiros por dia e 134.878 kg de carga aérea.

Para a maioria das pessoas que vai viajar para São Paulo, o Aeroporto de Congonhas é o que tem a melhor localização, em comparação com Guarulhos e Viracopos.

O aeroporto fica próximo a regiões importantes como a do Jardim Zoológico, Parque do Ibirapuera, Avenida Berrine, Avenida Paulista, Itaim e Jardins. Abrange também as zonas sul e oeste da cidade, onde ficam várias opções de hospedagem, shoppings, vida noturna agitada e museus.

A Azul, GOL, LATAM,  TAP Air Portugal, Aerolíneas Argentinas, Air France, Copa Airlines e KLM são as empresas aéreas que operam voos no CGH.

Terminal do Aeroporto de Congonhas

O aeroporto tem apenas um terminal para embarque e desembarque de voos. O terminal também conta com serviços como cafés, restaurantes, bancos, caixas eletrônicos, sorveterias, redes de fast food, pizzarias e Starbucks.

Ao chegar ao local, os passageiros têm à disposição 57 totens de autoatendimento e mais de 75 balcões de check-in. Duas salas de embarque estão localizadas na Ala Norte; a sala de desembarque fica na Ala Sul; 12 portões estão localizados no primeiro andar; e mais 10 portões (com números de 13 a 22) estão no térreo.

Embarque

As atualizações sobre voos em todos os aeroportos do país são feitas através do painel de voos do aeroporto e do aplicativo, que pode ser instalado em smartphones e tablets.

O serviço de chamadas de voo sonoro foi encerrado pela Infraero, em 2009, em todos os aeroportos do Brasil para reduzir a poluição sonora.

Quaisquer eventualidades são avisadas nos monitores das salas de embarque, pelos funcionários das companhias aéreas ou por um colaborador da Infraero.

Check-in no aeroporto

Os passageiros devem fazer o check-in pelo menos uma hora antes de voos domésticos, três horas antes de voos com destino aos EUA e duas horas antes de outros voos internacionais.

O check-in também pode ser feito, com mais rapidez e de forma simples, online (site ou aplicativo) ou nos totens presentes no aeroporto.

Ao chegar aos balcões de check-in, os passageiros devem apresentar documento de identificação com foto, número do bilhete eletrônico ou passagem aérea. Depois disso, a bagagem é pesada para ser despachada.

Desembarque

O setor de desembarque tem estrutura para receber voos nacionais e internacionais, com cinco esteiras de bagagens.

Os passageiros têm também alguns órgãos públicos à disposição como a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Anvisa, Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Juizado da Infância e da Juventude e Vigiagro. A Ouvidoria do Terminal, o balcão de achados e perdidos e o balcão de informações também estão disponíveis.

Mudanças no acesso ao Aeroporto de Congonhas

No dia 15 de março começaram a funcionar as novas regras para acesso de carros de aplicativos, táxis e carros de passeio ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Com as mudanças, os carros de aplicativos e de particulares terão acesso ao aeroporto apenas pelo piso inferior. No entanto, o piso superior pode ser usado se os motoristas estiverem deixando passageiros em Congonhas.

Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, cinco vagas de táxi continuarão no piso inferior, sendo duas da categoria comum, uma da acessível e duas da vermelha e branca.

Com isso, o número de vagas de estacionamento de táxis passou de 50 para 96. Além disso, os táxis híbridos e os acessíveis têm um ponto mais perto da área de embarque.

Outras formas de chegar ao Aeroporto de Congonhas

1. Ônibus

O site SPTrans informa quais ônibus chegam e saem de Congonhas.

2. Ônibus Executivo

O Airport Bus Service é uma linha de ônibus executivo que transporta, todos os dias, passageiros até o Terminal de Congonhas das 6h às 23h.

Os passageiros que têm passagens aéreas para voar com a Azul, LATAM e GOL são transportados gratuitamente entre o Aeroporto de Congonhas e o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

3. Metrô

A estação São Judas (linha 1 – azul) é a mais próxima ao aeroporto. Ao chegar à estação é necessário pegar o ônibus que passa pelo aeroporto: linha 675i (Terminal João Dias).

Para sair do aeroporto e seguir para seu destino de metrô, é preciso pegar o ônibus Metrô São Judas até a estação São Judas.

Opções de estacionamento no aeroporto

Dentro do aeroporto, o estacionamento SaoParking conta com 2.550 vagas cobertas e 800 descobertas em um edifício garagem.

Fora do aeroporto existem opções mais baratas como o Stay Park, a três minutos do aeroporto; e o King Park, a cinco minutos e com 50 vagas cobertas. Todos oferecem traslados de ida e volta.

Pronto! Se você vai passar pelo Aeroporto de Congonhas, já sabe como ele funciona e para onde se dirigir. Leia mais conteúdos do blog e fique bem informado sobre as novidades relacionadas a viagem e turismo.